Sobre acordos

Como falei lá no primeiro texto, relações poliamoristas são baseadas em acordos e honestidade. Os acordos basicamente mantêm as partes envolvidas entendidas, evitando problemas e ajudam no zelo pelo conforto. Em geral, as pessoas dizem o que desejam em um relacionamento poli e todos buscam atender a essas necessidades mantendo o conforto geral. Nem sempre isso é possível em todos os momentos – as pessoas são diferentes –, então uma prática comum é agir de acordo com as necessidades de quem está passando por mais dificuldades, assim essa pessoa se fortalece e em geral passa a aceitar mais coisas.

Há muitas possibilidades de acordos. O casamento aberto/relacionamento aberto é o mais comum. Como não é o que pratico, estou pedindo a amigos que façam posts relatando suas experiências. Vou falar mais do meu, porque, obviamente, é o que conheço melhor. Se você pratica outra forma ou o casamento aberto, mande seu relato para poliamoretc@gmail.com. Por favor, avise se você quer o texto publicado de forma anônima (do tipo Anon 1, pra ter um número que identifique caso você mande textos depois), com suas iniciais, seu nome, @ no twitter ou a forma como preferir. Eles passarão por uma breve revisão ortográfica e só não serão aceitos textos ofensivos, porque isso passa longe da ideia desse blog.

O acordo em que vivo vem se delineando há cerca de dois anos. Ao contrário da maioria dos poliamoristas que conheci, começamos a entrar em contato com a cultura poli lendo sobre, não praticando. À medida que líamos, percebemos que tinha a nossa cara. A partir daí, começamos a conversar sobre possibilidades reais, do que cada um queria. Descobrimos muito sobre nós mesmos e um sobre o outro nesse processo, o diálogo melhorou demais e, consequentemente, a vida sexual nunca foi melhor. Nosso acordo cabe numa frase bem simples: os dois devem se sentir incluídos nas relações. Se sentir incluído é um conceito vago e gostamos que seja assim, pois permite que avaliemos caso a caso se vai tudo bem conosco.

A crítica que mais ouvimos é “mas se um se interessar e o outro não, alguém tem a liberdade tolhida”. Liberdade é um conceito muito complicado, mas usemos uma definição bem vaga e autorreferente: estamos livres quando nos sentimos livres. Eu não me sinto livre com a infelicidade alheia e me sinto se estão todxs felizes.

Interesse é um sentimento e não sou obrigada a nada simplesmente por sentir as coisas. Se sentimento não tem controle, o comportamento tem e acho que essa distinção é muito importante. Quando há um descompasso de sentimentos, ele se resolve com diálogo e reflexão sobre comportamentos. Daí ou os sentimentos mudam (porque não acredito que eles sejam imutáveis e grandes forças da natureza) ou o comportamento em relação a um sentimento específico muda.

Voltando à questão dos acordos, como diz meu companheiro, quando você decide ser poli, basicamente destrói as regras mononormativas e constrói do zero os acordos do seu relacionamento em conjunto, da forma que xs envolvidxs se sintam confortáveis. Isso exige muito diálogo, muita tolerância, muito respeito e comprometimento entre as pessoas. Como não há a hierarquização forte entre relacionamentos (ou seja, não necessariamente existe um relacionamento mais importante que os outros) que muitas vezes parece haver pra quem vê poliamor de fora, é importante finalizar destacando que quando falo todxs não me refiro somente a um “casal primário”. Ser poliamorista não requer estar em um relacionamento fixo, nem requer a existência de um. Há poliamoristas solteiros, casados, enrolados… Há tríades, pequenos ou grandes grupos… Enfim, há todo tipo de formação possível e o compromisso geral é com a felicidade de quem estiver envolvidx.

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre acordos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s